Rota Oeste diz que não foi notificada sobre ação do MPF que investigará concessão da 163 em Sinop

Foto: Divulgação

A Rota Oeste emitiu ontem uma nota a imprensa afirmando que ainda não foi comunicada oficialmente sobre a abertura de um inquérito no Ministério Público Federal para investigar possíveis irregularidades na concessão de aproximadamente 190 quilômetros da BR 163 entre os municípios de Lucas do Rio Verde e Sinop. O MPF divulgou que pretende fazer um verdadeiro raio x da rodovia, apontando em um relatório as melhorias que foram feitas, quais as que deveriam ser executadas segundo o contrato, quanto está sendo arrecadado com os pedágios e o número de mortes e acidentes no trecho deste que a empresa assumiu a administração da rodovia.


O inquérito foi aberto após diversas denuncias chegarem a sede do Ministério Público Federal em Sinop apontando problemas na pista, como a falta de acostamento, buracos , falta de iluminação nas travessias urbanas e de sinalização nos cruzamentos. Na nota a empresa disse que ainda está dentro do prazo de cinco anos, previsto em contrato, para a realização das obras necessárias e que estas teriam começado pela região sul do estado, que também está sobre a concessão da mesma empresa.

Caso a investigação aponte irregularidades a empresa poderá ser processada e condenada ao pagamento de multa ou até mesmo a perda dos direitos de administração do trecho de 190 quilômetros que conta com dois pedágios.


Fonte: Nortão Notícias
Rota Oeste diz que não foi notificada sobre ação do MPF que investigará concessão da 163 em Sinop Rota Oeste diz que não foi notificada sobre ação do MPF que investigará concessão da 163 em Sinop Reviewed by Max Aurelio on 14:27 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.