Profissionais técnicos da Unemat permanecem em greve

Foto: Divulgação
Fonte: Circuito MT

Os profissionais técnicos da Educação Superior da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) decidiram por 271 votos que permaneceram em greve. A votação aconteceu nesta quinta-feira (07) em Assembleia realizada simultaneamente em todas as seccionais do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Superior do Estado de Mato Grosso (Sintesmat).

Três pontos foram abordados durante a assembleia, a lei estadual nº 10.410, que disciplina o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA), judicialização da demanda contra o governo devido ao descumprimento de determinação da Constituição Estadual que estabelece o pagamento integral, em parcela única e sem distinção de índices da RGA e a decisão sobre a permanência da greve ou retorno das atividades.

93% dos servidores votam pela contra a lei aprovada em Assembleia para o pagamento de 7,36% dividido em três parcelas, a primeira para setembro de 2016 e as outras duas para janeiro e março de 2017. A mesma porcentagem votou por judicializar e buscar na justiça o pagamento integral da RGA, de 11,36%. Por fim, 70% dos presentes manifestaram-se pela permanência da greve.

Três categorias permanecem em greve: Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep), Servidores Estaduais da Carreira dos Profissionais de Desenvolvimento Econômico e Social (Sindes) e o Sintesmat.


Divulgação


Divulgação




Profissionais técnicos da Unemat permanecem em greve Profissionais técnicos da Unemat permanecem em greve Reviewed by Max Aurelio on 10:16 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.