Professores da Unemat decidem pela continuidade da greve

Foto: Mutum Notícias
A assembleia unificada não aceitou retornar da greve, em virtude de não concordar com a aprovação da Lei da RGA, que considera um desrespeito ao servidor público, com perdas consideráveis sobre os salários. 
Em assembleias realizadas em todos os campi da Universidade do Estado de Mato Grosso os professores, representados pela Associação dos Docentes da Unemat (ADUNEMAT), decidiram pela continuidade da greve, que segue desde o dia 31 de junho.

A assembleia unificada não aceitou retornar da greve, em virtude de não concordar com a aprovação da Lei da RGA, que considera um desrespeito ao servidor público, com perdas consideráveis sobre os salários.
A não retroatividade, a quebra de isonomia entre os poderes e o parcelamento deverão ser questionados judicialmente, e a paralisação irá continuar por tempo indeterminado.

Esgotada a negociação com o Governo, a categoria aguarda o processo judicial. Além disso, a proposta de Reforma Administrativa do Governo do Estado, na qual se propõe a extinção da SECITECI e FAPEMAT, são questões que mobilizam a comunidade acadêmica, que reivindica discutir a proposta.

Nesta sexta-feira (08.07), haverá audiência pública na Câmara Municipal de Cáceres e no dia 12, terça-feira, será a vez de discutir tais questões em Cuiabá, na Assembleia Legislativa do Estado.

A partir de agora, o Comando unificado da Greve, formado pela ADUNEMAT e pelo SINTESMAT, passa a discutir a organização da agenda de mobilizações. 

Professores da Unemat decidem pela continuidade da greve Professores da Unemat decidem pela continuidade da greve Reviewed by Max Aurelio on 10:21 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.