Servidores em greve lavam calçada da Seduc em alusão à Operação Rêmora

Como ato contra a corrupção, os servidores públicos estaduais da educação se reuniram esta manhã (20), em frente ao prédio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e demais órgãos públicos e “levaram” a calçada. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep), Henrique Lopes, esteve presente.


Em entrevista à imprensa ele destacou que fizeram o ato para cobrar o pagamento de 11,28% do Reajuste Geral Anual (RGA) e mostrar o posicionamento da categoria quanto ao indício de corrupção em uma licitação aberta pela Seduc e que foi descoberta na Operação Rêmora.


Além disso, ele afirmou que alguém está se beneficiando de recursos públicos para que o Governo do Estado proponha criar o projeto Parceria Público-Privada (PPP) na educação, para construir e reformar escolas estaduais em Mato Grosso. Ao todo serão investidos R$ 56 milhões.

O Palácio Paiaguás, Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra), Federação Mato-grossense de Agricultura (Famato) e a Secretaria Estadual de Saúde (SES) tiveram as calçadas varridas. Todos esses órgãos se concentram no Centro Administrativo Político, em Cuiabá. Aproximadamente mil servidores participaram do ato.

O Governo do Estado tentou negociação com os servidores, mas não entraram em acordo. Diante disso o executivo estadual elaborou um projeto de lei e encaminhou para apreciação da Assembleia Legislativa (AL). A proposta é de reajuste de 6%. A porcentagem é a metade do que está sendo exigido por todos os servidores do estado.

Os profissionais articulam e querem que os parlamentares estaduais não aprovem o texto.

Os funcionários que não retornarem às atividades como determinado pela justiça, sofrerão corte no ponto de frequência. Essa medida foi uma das determinadas pela justiça aos servidores que integram as classes que tiveram a greve considerada ilegal.



Fonte: Nortão Notícias
Servidores em greve lavam calçada da Seduc em alusão à Operação Rêmora Servidores em greve lavam calçada da Seduc em alusão à Operação Rêmora Reviewed by Max Aurelio on 21:42 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.