Prefeitura informa que piloto da Passaredo não seguiu procedimentos da estação de tráfego aéreo

Fonte: Olhar Direto

A Prefeitura de Rondonópolis informou que o piloto da Passaredo Linhas Aéreas, que ‘errou a pista’ na madrugada do último sábado (09), no Aeroporto Maestro Marinho Franco e pousou em uma lavoura, não seguiu os procedimentos orientados pela Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA). A nota confirma ainda que a aeronave atingiu a cerca de proteção do aeródromo e pousou fora da pista. Por fim, foi dito que todos os instrumentos estavam funcionando no momento do ocorrido.

“Ao iniciar o procedimento para pouso, (a aeronave) solicitou apoio da EPTA e foi orientado quanto aos procedimentos, aos quais não foram seguidos pelo piloto. Ao pousar, a aeronave tocou o solo antes do início da pista. Ao perceber o ocorrido, o piloto arremeteu e iniciou o procedimento de pouso novamente, desta vez com êxito”, diz trecho da nota emitida pelo município.

A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Setrat), responsável por gerir o aeroporto, explicou que todos os instrumentos necessários para auxiliar os pilotos durante o pouso e decolagem estavam funcionando normalmente. Além disso, o incidente provocou danos a uma cerca que, rapidamente, foi reparada pela equipe do aeroporto, pois faz o bloqueio de animais para a pista.

"A biruta, o farol rotativo, o balizamento e a EPTA estão funcionando dentro de sua normalidade. Nós, da gestão do aeroporto, estamos acompanhando tudo desde o momento do ocorrido. Nossa prioridade é garantir a segurança dos usuários. A caixa de comunicação do avião e também as gravações da EPTA, responsável pela comunicação com o piloto, já estão sendo analisadas para identificar o que de fato aconteceu", revela o secretário Argemiro Ferreira.

A reportagem entrou em contato com o Serviços Regionais de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Senipa 6), responsável pela região, que informou que o Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) está responsável pelo caso. Também foi dito que as investigações já tiveram início e que um profissional já havia se deslocado para Rondonópolis.

EPTA

Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA) é uma Estação de Telecomunicações, pertencente a pessoa física ou jurídica de direito público ou privado, dotada de pessoal, instalações, equipamentos e materiais suficientes para: prestar, isolada ou cumulativamente, os Serviços de Controle de Tráfego Aéreo (APP e/ou TWR), os Serviços de Informação de Voo, de Informação de Voo de Aeródromo (AFIS) e de Alerta; apoiar a navegação aérea por meio de auxílios à navegação aérea; apoiar as operações de pouso e de decolagem em plataformas marítimas, ou ainda, veicular mensagens de caráter geral entre as entidades autorizadas e suas respectivas aeronaves, em complemento à infraestrutura de navegação aérea existente.

O caso

A aeronave (ATR-72) da Passaredo Linhas Aéreas que atingiu uma lavoura de soja e rompeu uma cerca de arame farpado ao tentar pousar no Aeroporto Maestro Marinho Franco, em Rondonópolis, sofreu danos em sua fuselagem e na hélice. Relatos apontam que o avião ‘errou a pista’ e pousou na plantação. Em nota, a empresa informou ter sido necessário o procedimento de arremetida, após toque da aeronave no solo.

O "possível" pouso na lavoura foi negado pela Passaredo, que em nota informou ter sido necessário o procedimento de arremetida, após toque da aeronave no solo. A companhia aérea informou à reportagem que o pouso ocorreu normalmente, após o fato, e que nenhum passageiro ficou ferido.

Confira nota enviada pela Passaredo Linhas Aéreas:

“Durante a noite de ontem, em função de condições meteorológicas adversas durante o pouso do voo 2330 em Rondonópolis-MT, foi necessário efetuar uma arremetida após o toque da aeronave no solo. Após o procedimento, foi realizado nova aproximação e pouso normal. O desembarque dos passageiros ocorreu normalmente próximo ao horário previsto. A aeronave passa por inspeção dos técnicos do departamento de manutenção da companhia.

O pouso aconteceu as 00h23 e o voo era procedente de Brasília (DF).”
Prefeitura informa que piloto da Passaredo não seguiu procedimentos da estação de tráfego aéreo Prefeitura informa que piloto da Passaredo não seguiu procedimentos da estação de tráfego aéreo Reviewed by Max Aurelio on 22:58 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.