CRM-MT deve apurar morte de gêmeos e mãe liberada de hospital

Do G1 MT

A morte da dona de casa Ivani Antônia Padilha, de 36 anos, que perdeu os filhos gêmeos quando ainda estava grávida, deve ser investigada em uma sindicância pelo Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT).

Ivani morreu no dia 7 de janeiro enquanto estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Cuiabá. Os gêmeos morreram no dia 3, três dias depois da mãe ser liberada do local.
Segundo o presidente do CRM-MT, Gabriel Felsky dos Anjos, a família de Ivani ainda não fez nenhuma denúncia formal sobre as três mortes, entretanto, o conselho deve abrir uma sindicância da mesma forma.

De acordo com o marido de Ivani, Cene Rosário da Silva, a mulher ela estava internada desde o dia 1º de janeiro e não resistiu a complicações causadas por uma infecção que teria atingido vários órgãos. A família de Ivani estava reunida com um advogado nesta terça-feira (12) para definir quais medidas vão tomar após a morte dos gêmeos e da dona de casa.
“Nós vamos esperar a família se manifestar em pelo menos 15 dias. Se isso não ocorrer nós vamos abrir uma sindicância. Nós mandamos uma equipe para o hospital e vamos ouvir o que eles [funcionários] falam [sobre o caso] e quem foram os médicos que atenderam [a grávida]. Também vamos solicitar os prontuários da paciente”, explicou o presidente do CRM-MT.

Conforme Felsky, após essa fase, um médico conselheiro emite um parecer dizendo se houve ou não uma infração com o código de ética médica. “Esse parecer vai para uma Câmara de Ética composta por cinco conselheiros que vão discordar ou concordar dele. Aí sim é emitido um sinal para abrir um procedimento administrativo”, completou o presidente.

Entenda o caso

No dia 31 de dezembro de 2015, quando estava na 32ª semana de gestação, Ivani procurou o hospital porque estava sentido dores e estava com sangramento, mas foi liberada. No último dia 3, entretanto, o estado de saúde dela piorou e ela voltou ao hospital, mas os bebês morreram ainda dentro da barriga.
O hospital afirma que foram pedidos todos os exames à paciente e avaliação fetal dos bebês quando a paciente retornou ao local. Segundo a unidade hospitalar, pela manhã o estado de saúde dos gêmeos era normal, mas a situação da mãe piorou e foi constatado que eles não tinham mais batimentos cardíacos.
O corpo de Ivani foi enterrado na última semana. Os filhos foram enterrados na manhã do dia 6. O laudo pericial sobre a morte dos bebês deve ficar pronto em março.
CRM-MT deve apurar morte de gêmeos e mãe liberada de hospital CRM-MT deve apurar morte de gêmeos e mãe liberada de hospital Reviewed by Max Aurelio on 17:19 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.